Segundo pessoa é detida por desaparecimento de menina em casamento na França

Paris, 1 set (EFE).- As forças de ordem francesa detiveram nesta sexta-feira um segundo homem relacionado ao misterioso desaparecimento da menina Maëlys de Araújo, de 9 anos, durante um casamento realizado no sábado no leste da França.

Os investigadores querem comprovar algumas declarações deste segundo detido, que de acordo com a emissora "LCI" eram contraditórias.

O primeiro suspeito foi detido na quinta-feira de manhã e também tem 34 anos.

Sua detenção foi prorrogada até amanhã com a intenção igualmente de analisar algumas incoerências em seu relato e esclarecer o que fazia quando se ausentou temporariamente da comemoração.

Esse primeiro homem chegou ao casamento no momento da sobremesa e esteve fora durante o período que poderia corresponder ao desaparecimento da menina.

O advogado disse hoje à "LCI" que deu as explicações pertinentes aos agentes e que essas incoerências em seu discurso não são de importância.

A menina foi vista pela última vez na localidade de Pont de Beauvoisin perto das 3 da manhã, e os presentes no casamento alertaram à polícia após uma hora de buscas sem sucesso.

As investigações feitas no domingo em torno da salão de festas, da floresta e das casas próximas, por cem policiais acompanhados de seis cachorros e um helicóptero, não deram resultado.

A Promotoria iniciou então uma investigação por sequestro, ainda que a encarregada do caso, Dietlind Baudoin, especificou em uma coletiva de imprensa que "todas as pistas estão sendo exploradas".

Cerca de 250 pessoas foram convidadas ao casamento e às duas festas que era realizadas nas proximidades - segundo os meios de comunicação - já foram interrogadas no marco de uma busca que foi retomada hoje de manhã, com a ajuda de uma equipe de mergulhadores.

A cada ano desaparecem na França cerca de 50 mil menores, segundo o Centro Francês de Proteção da Infância (CFPE), e ainda que a imensa maioria sejam fugas, cerca de 400 casos pertencem à categoria de "desaparecimentos preocupantes".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos