Sobem para 33 o número de mortos por conta da queda de um prédio na Índia

Em Nova Délhi

  • Shailesh Andrade/Reuters

    Resgatistas procuram por vítimas de desabamento de prédio na manhã desta quinta-feira

    Resgatistas procuram por vítimas de desabamento de prédio na manhã desta quinta-feira

O número de mortos no desabamento de um edifício residencial ocorrido na quinta-feira (31), em Mumbai, no oeste da Índia, subiu para 33 e o de feridos chegou a 16, enquanto a operação de busca de novas vítimas no local continua, informou nesta sexta (1º) uma fonte policial.

"Até agora, há 33 mortos e 16 feridos", disse à Agência Efe uma fonte policial da delegacia de JJ Marg, que estava no comando do caso, que pediu anonimato.

As operações de resgate prosseguem na região do acidente, e a investigação para esclarecer as causas do fato está aberta.

O acidente aconteceu por volta das 8h30 locais (meia-noite de Brasília da quarta-feira, 30) quando um edifício residencial de vários andares veio abaixo na área de Bhendi Bazaar, no centro da capital financeira indiana.

"A queda de um edifício em Mumbai é triste. As minhas condolências para as famílias de quem perderam a vida e as minhas orações, para os feridos", escreveu, ontem, em uma mensagem em seu Twitter, o primeiro-ministro do país, Narendra Modi.

Embora as autoridades não tenham se pronunciado sobre as causas do desabamento, boa parte da capital financeira da Índia se encontra inundada pelas fortes chuvas dos últimos dias.

Esta é o segundo grande desabamento que ocorre na capital financeira da Índia em pouco mais de um mês.

Em julho, 17 pessoas morreram e outras 14 ficaram feridas com a queda de um edifício de quatro andares, também em Mumbai.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos