Trump pede a Santos que faça "tudo possível" para eliminar o narcotráfico

Washington, 1 set (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu nesta sexta-feira ao seu homólogo da Colômbia, Juan Manuel Santos, que faça o possível para eliminar o tráfico de drogas no país sul-americano.

Em uma conversa por telefone, "Trump destacou a importância que a Colômbia faça tudo possível para eliminar a produção e o tráfico de drogas", de acordo com um comunicado da Casa Branca.

Segundo cálculos dos EUA, os cultivos de coca aumentaram em 18% na Colômbia em 2016, de 159.000 hectares em 2015 para 188.000, enquanto que a produção de cocaína subiu 37%, de 520 toneladas em 2015 a 710 toneladas.

Durante a visita de Santos a Washington no último mês de maio, Trump pôs a luta contra o narcotráfico como a "área mais importante" de cooperação entre os dois países, após qualificar de "muito alarmantes" essas cifras e instar o governante colombiano a "remediá-las muito rápido".

Na conversa de hoje, além do tráfico e produção de drogas, Santos e Trump falaram sobre "a deteriorada situação política, econômica e humanitária na Venezuela".

Estados Unidos e Colômbia são dois dos países que chamaram de "ditadura" o governo de Nicolás Maduro.

Finalmente, os dois governantes falaram sobre as inundações provocadas pelo ciclone "Harvey", as maiores da história dos Estados Unidos, que deixaram pelo menos 47 mortos no estado do Texas.

Santos "expressou sua solidariedade aos EUA e ofereceu o apoio e simpatia dos colombianos aos sobreviventes de 'Harvey'", enquanto Trump "agradeceu a Santos e aos colombianos seu apoio às comunidades devastadas pelas inundações sem precedentes".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos