Guerrilheiros do EPL combatem com militares que escoltavam Missão da ONU

Bogotá, 2 set (EFE).- Militares do Exército da Colômbia entraram em combate com guerrilheiros do Exército Popular de Liberdade (EPL) enquanto garantiam a segurança de observadores da ONU que recuperavam uma caleta (esconderijo) com armas e explosivos das Farc no leste do país, confirmaram Neste sábado à Agência Efe fontes militares.

O combate, em que não houve mortos nem feridos, aconteceu na vereda El Cobre, que faz parte do município de Hacarí, na região de Catatumbo, segundo as fontes.

O Governo colombiano e as FARC, que agora são um partido político, fecharam um acordo na sexta-feira de prolongar por mais 15 dias o prazo para a extração de armamento e material instável das caletas dessa antiga guerrilha, uma atividade realizada pela Missão da ONU na Colômbia.

As Farc informaram acerca da situação de 957 caletas, das quais 640 já foram recuperadas.

A Missão da ONU na Colômbia tem caráter político e não militar, pelo que policiais e militares internacionais que a integram andam desarmados, ainda que claramente identificados com coletes azuis com o emblema do organismo internacional.

Durante o seu trabalho conta com o apoio da Polícia, que assegura o perímetro antes de chegarem a cada um dos esconderijos com armas. EFE

gdl/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos