Pyongyang: "Bomba testada hoje pode ser colocada em míssil intercontinental"

Seul, 3 set (EFE).- A Coreia do Norte afirmou neste domingo que a bomba de hidrogênio que testou hoje com "total sucesso" pode ser instalada em um dos seus mísseis balísticos intercontinentais (ICBM), segundo anunciou a televisão estatal norte-coreana "KCTV".

O novo teste atômico aconteceu com um artefato carregável nos mísseis balísticos intercontinentais que desenvolveu Pyongyang, apontou o meio estatal depois que um forte terremoto de origem artificial foi detectado perto da base norte-coreana de testes nucleares de Punggye-ri.

"O teste foi realizado com uma bomba com um poder sem precedentes", disse a locutora Ri Chun-hee, encarregada de dar as notícias mais importantes para o regime, que acrescentou que o ensaio teve "duas fases" e que não se aconteceu "nenhum vazamento de material radiativo nem impacto adverso no meio ambiente".

O novo teste norte-coreano foi executado por ordem direta do líder Kim Jong-un, segundo a "KCTV", que mostrou fotografias do governante no seu escritório e suas habituais imagens de propaganda sobre anteriores lançamentos de mísseis.

O teste "tinha como objetivo examinar e confirmar a precisão e credibilidade da tecnologia de controle da potência nuclear, bem como do novo modelo e estrutura interna para construir bombas H instáveis em ICBMs", acrescentou a agência estatal KCNA.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos