Ex-presidente colombiano envia carta ao papa sobre tráfico, paz e economia

Bogotá, 5 set (EFE).- O ex-presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, enviou uma carta ao papa Francisco, que nesta quarta-feira começa uma visita de cinco dias ao país, na qual lhe manifestou sua preocupação com o crescimento do narcotráfico, a impunidade dos chefes das Farc e o estado da economia, informaram nesta terça-feira meios de comunicação locais.

"Sua santidade, muitas pessoas temos preocupações pelo crescimento do narcotráfico, sua incidência no aumento da toxicomania juvenil e na destruição dos recursos ambientais como a floresta primária", escreveu Uribe na carta.

No texto, o ex-governante colombiano também afirmou que nunca se opôs à paz, em alusão ao acordo assinado pelo atual governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em novembro do ano passado.

No entanto, ressaltou que "a impunidade total aos responsáveis de delitos atrozes, sua elegibilidade política, a autorização legal que receberam para gastar dinheiro ilícito nas suas atividades políticas e outros pontos se constituem em estímulos ao delito".

Na carta ao papa, cuja data de envio não foi detalhada, Uribe lhe manifestou também sua preocupação com a economia colombiana.

Além disso, o ex-presidente colombiano comentou que "se deteriorou a confiança no investimento privado e o acordo com as Farc cria incertezas".

O papa Francisco começa nesta quarta-feira uma visita de cinco dias à Colômbia que o levará às cidades de Bogotá, Villavicencio, Medellín e Cartagena.

"Nos dá muita alegria sua visita à Colômbia, país profundamente devoto que está alvoroçado pela sua presença. Sua santidade encontra uma população alegre, apesar de tanta adversidade, alegria que não teria outra explicação que a sua espiritualidade", finalizou Uribe na carta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos