May diz que testes norte-coreanos ameaçam toda a comunidade internacional

Londres, 5 set (EFE).- A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, disse nesta terça-feira que o programa nuclear da Coreia do Norte ameaça toda a comunidade internacional e se comprometeu a continuar trabalhando com os aliados para exercer pressão sobre o regime de Kim Jong-un.

May fez as afirmações durante sua reunião semanal de gabinete em Downing Street, encontro que coincide com o fim do recesso parlamentar no Reino Unido.

A líder conservadora fez referência ao programa de Kim Jong-un depois de o Ministério de Relações do Reino Unido ter convocado o embaixador norte-coreano em Londres, Choe Il, para condenar o teste nuclear realizado no último domingo.

O secretário de Estado para a Ásia, Mark Field, apresentou a posição britânica ao diplomata norte-coreano, em uma reunião a portas fechadas da qual ainda não se tem mais detalhes.

A Coreia do Norte realizou no domingo o sexto teste atômico, o mais potente até agora, com uma suposta bomba de hidrogênio. Segundo Pyongyang, o artefato pode ser instalado em mísseis intercontinentais.

A intensificação dos testes da Coreia do Norte gera tensão na comunidade internacional e ameaça desencadear uma escalada armamentística na região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos