Furacão "Irma" entra no território de Porto Rico e faz sua primeira vítima

San Juan, 6 set (EFE).- O furacão "Irma", de categoria 5, chegou nesta quarta-feira ao nordeste do território de Porto Rico, na ilha de Culebra, com fortes ventos de 170 quilômetros por hora, e fez sua primeira vítima.

As chuvas são contínuas e intensas e, segundo a Agência Estatal para a Assistência em Emergências e Desastres (Aemead, na sigla em espanhol), foram registrados danos materiais que ainda estão sendo contabilizados.

O prefeito de Manatí, José Sánchez, no norte da ilha, informou que uma mulher de 76 anos que caiu enquanto era resgatada da sua casa para ser levada a outro lugar mais seguro, por estar em uma cadeira de rodas, morreu no hospital após sofrer três paradas cardíacas.

Em uma entrevista coletiva, o diretor da Aemead, Abner Gómez, disse que foram realizados dois resgates de dois barcos em Culebra e Fajardo, ao leste de Porto Rico, sem vítimas entre a tripulação.

Após lembrar que não estão saindo voos da ilha, Gómez destacou que as pessoas devem permanecer em suas casas e que 49% dos moradores da ilha já não tem luz.

O país se encontra em estado de emergência há dois dias perante a chegada de "Irma", o furacão mais potente a passar pelo oceano Atlântico.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse ter falado hoje com os governadores dos estados da Flórida, Porto Rico e Ilhas Virgens com o objetivo de expressar-lhes o apoio do governo perante a eventual chegada do furacão.

"Acabo de falar com os governadores Rick Scott, da Flórida, Kenneth Mapp, das Ilhas Virgens, e Ricardo Rosselló, de Porto Rico. Estamos com todos vocês", escreveu Trump em sua conta no Twitter.

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, utilizou esta mesma rede social para expressar-se no mesmo sentido e enviar seu apoio aos três estados ameaçados pelo furacão: "Como disse o presidente, estamos com vocês".

O furacão passará a menos de 50 quilômetros da capital San Juan e a 28 de Fajardo. Em ambas cidades são palpáveis os efeitos de "Irma", com árvores caídas, objetos espalhados pelo forte vento e ondas elevadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos