Papa pede estabilidade para a Venezuela durante voo à Colômbia

(Atualiza com telegrama à Venezuela e outros detalhes).

A bordo do avião papal, 6 set (EFE).- O papa Francisco desejou nesta quarta-feira que se construa um "diálogo" na Venezuela e que o país "encontre uma boa estabilidade" durante o voo em que viajava para a Colômbia.

O pontífice se expressou assim pouco após decolar, ao cumprimentar os 72 jornalistas que lhe acompanham neste voo e aos quais posteriormente cumprimentou pessoalmente um a um.

"Peço uma oração para que possa criar-se um diálogo e o país encontre uma boa estabilidade", disse Francisco.

O pontífice fez esta declaração ao lembrou que o voo sobrevoaria a Venezuela e então pediu uma oração pelo país.

Francisco começou sua viagem com algumas palavras aos jornalistas que viajam com ele e nas quais definiu sua visita à Colômbia como "uma viagem um pouco especial" porque é uma visita "que ajudará também a Colômbia a seguir adiante".

Como é tradição, o Vaticano envia telegramas aos países que o papa sobrevoa em suas viagens e, no enviado hoje à Venezuela, o papa expressava seus cordiais saudações ao presidente Nicolás Maduro e a todo o povo venezuelano e assegurava suas orações para que "todos nesta nação sejam promotores de caminhos de solidariedade, justiça e concórdia".

Durante o voo também se confirmou que Francisco encontrará, após a missa que realizará no parque Simón Bolívar de Bogotá, cinco bispos venezuelanos presentes na cerimônia, segundo o porta-voz do vaticano, Greg Burke.

Francisco chegará hoje às 16h30 (horário local, 18h30 de Brasília) ao aeroporto militar de CATAM e permanecerá na Colômbia até o próximo domingo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos