Santos afirma que Colômbia está "comovida e muito alegre" com visita do papa

Bogotá, 6 set (EFE).- O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, afirmou nesta quarta-feira que o país "está comovido" e "muito alegre" pela chegada do papa Francisco, que iniciou uma visita apostólica que, além de Bogotá, o levará às cidades de Villavicencio, Medellín e Cartagena.

"Realmente o país está comovido, muito alegre, essa alegria que ele mesmo diz que não podemos deixar que nos roubem", declarou Santos em uma visita ao centro preparado para a imprensa por ocasião da visita do sumo pontífice.

"(A visita) vem em um momento extraordinário, muito oportuno, e a mensagem que traz o santo padre é uma mensagem que os colombianos recebemos com emoção e com um grande senso de responsabilidade: vem a estimular-nos a dar o primeiro passo ao que ele mesmo chamou de primeiro passo para a reconciliação", destacou Santos.

O presidente afirmou que os colombianos estão "muito agradecidos com esta visita" do bispo de Roma e lembrou que o papa sempre avaliou que as vítimas tinham sido "o coração" do acordo ao que se chegou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em novembro do ano passado para pôr fim à guerra.

Nesse sentido, Santos destacou que o papa foi "a voz de encorajamento" quando o processo de paz no país estava "em dificuldades".

Além disso, segundo o presidente, a Colômbia "é um dos países mais católicos" do mundo e, por isso, recebe o papa "com tanta devoção e com tanta emoção".

Francisco, o terceiro papa a visitar à Colômbia após Paulo VI e o hoje são João Paulo II, permanecerá no país até o próximo domingo. EFE

lb/rsd

(foto) (vídeo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos