Aeroporto de San Juan volta a operar após passagem de Irma por Porto Rico

San Juan, 7 set (EFE).- O Aeroporto Internacional Luis Muñoz Marín, de San Juan, voltou a operar nesta quinta-feira após o fechamento obrigatório devido à passagem do furacão Irma por Porto Rico, onde deixou danos em infraestruturas, mais de um milhão de pessoas sem energia e 220 mil sem água.

O presidente da Aerostar, empresa que administra o aeroporto, Agustín Arellano, informou em entrevista coletiva que as operações serão parciais e que apenas a companhia aérea JetBlue Airways operará hoje. A partir de amanhã, o aeroporto deve retomar todas as atividades.

"Em menos de 24 horas o aeroporto estará operando. O primeiro voo estará começando às 17h30 (hora local; 18h30 em Brasília) e o segundo será por volta das 19h45 (hora local; 20h30 em Brasília)", indicou o diretor ao executivo da Autoridade de Portos, Omar Marrero.

Arellano afirmou que alguns voos serão cancelados durante o dia, já que estão fechadas as pistas da República Dominicana e da cidade americana de Miami por conta da passagem de Irma.

A interrupção das operações na quarta-feira fez com que passageiros da JetBlue Airways fossem conduzidos a um refúgio disponibilizado, embora posteriormente passaram a noite em um hotel da cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos