Governo catalão inicia organização de referendo independentista

Barcelona (Espanha), 7 set (EFE).- A região da Catalunha colocou nesta quinta-feira em andamento a organização do referendo independentista convocado para 1 de outubro, com a publicação dos detalhes da consulta e a preparação dos colégios eleitorais, enquanto o Governo da Espanha anunciou que vai recorrer perante o Tribunal Constitucional.

A convocação foi aprovada ontem à noite pelo Executivo, depois que o Parlamento catalão deu autorização à lei que o regula em uma dura sessão, na qual ocorreram momentos de tensão e numerosos enfrentamentos ente os partidários e os contrários à independência.

O Executivo catalão acelera os passos para a consulta, enquanto o Governo espanhol prevê recorrer hoje perante o Tribunal Constitucional pela citada lei e pelo decreto de convocação, que se forem admitidos por esse organismo, significará a suspensão automática de tais normas.

A tal efeito, o presidente do Executivo espanhol, Mariano Rajoy, convocou um conselho de ministros extraordinário para tramitar a apresentação de dito recurso.

O presidente do Governo catalão (Generalitat), Carles Puigdemont, e seu vice-presidente, Oriol Junqueras, comunicaram por carta aos governadores dessa comunidade autônoma prevêem utilizar para o referendo os colégios eleitorais habituais e deram 48 horas para confirmar a disponibilidade dos mesmos.

Por outro lado, a Generalitat publicou em seu site do referendo independentista de 1 de outubro os detalhes da organização, ao mesmo tempo que abriu o processo de seleção de pessoal voluntário para a sua implementação.

Além disso, inclui várias perguntas "mais frequentes" sobre esta iniciativa, bem como o calendário previsto da mesma.

Segundo foi informado, poderão votar os maiores de 18 anos inscritos no censo eleitoral.

Os residentes no exterior deverão solicitar formalmente a participação nesta votação, e na Catalunha o voto será presencial prévia contribuição do Documento Nacional de Identidade (RG), passaporte ou permissão de conduzir.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos