Papa agradece militares e policiais colombianos por sua contribuição à paz

Bogotá, 8 set (EFE).- O papa Francisco agradeceu nesta sexta-feira às Forças Armadas e à Polícia da Colômbia por sua contribuição e sacrifícios pela paz do país, antes de partir para a cidade de Villavicencio, segunda etapa da sua visita ao país.

Dezenas de militares, policiais e suas famílias, bem como o ministro da Defesa, Luis Carlos Villegas, e a cúpula militar participaram do ato para se despedir de Francisco, realizado na pista da base militar de Catam, anexa ao aeroporto internacional El Dorado de Bogotá.

"Quero agradecer a presença dos senhores aqui, agradecer-lhes por tudo o que fizeram, o que fazem e o que vão continuar fazendo durante a minha visita (...) Agradecer-lhes pelo que fizeram e pelo que fazem pela paz colocando em risco a vida", disse o pontífice.

Francisco visita a Colômbia com uma mensagem de paz e reconciliação para superar as divisões no país após a assinatura do acordo do governo com as Farc.

"Tomara que possamos ver a paz consolidada neste país, que a merece", disse o pontífice.

Por sua vez, o bispo militar da Colômbia, Fabio Suescún Mutis, pediu ao papa a benção para "este setor que luta pela paz", o que qualificou de "uma delicada missão".

"Estes homens e mulheres que acreditam em Jesus e amam a Virgem entregaram suas vidas com espírito cristão e ainda sacrificaram sua integridade pessoal para garantir a segurança e o livre ordenamento democrático da nossa pátria", disse Mutis.

Após as breves saudações, Francisco convidou os presentes a rezarem "em silêncio por todos os caídos e por todos os que ficaram feridos, alguns estão aqui entre nós", ato que foi seguido pela oração da Ave Maria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos