Centro de Cuba amanhece com estragos causados pelo furacão "Irma"

Havana, 9 set (EFE).- O centro de Cuba amanheceu neste sábado com os estragos causados pelos ventos de entre 160 e 190 quilômetros por hora com os quais o furacão "Irma" castigou o norte da ilha durante a noite.

O furacão, que voltou nas últimas horas à categoria quatro, se encontra neste momento nas proximidades da província central de Villa Clara, perto das cidades de Remedios e Caibarién, onde nesta manhã já se viam fortes danos após terem sofrido intensas chuvas e ventos, segundo constatou uma equipe da Agência Efe na região.

Às 21h (horário local, 22h de Brasília) de ontem, "Irma" tocou terra em Cuba com ventos superiores a 260 quilômetros por hora em Cayo Romano, situado na costa norte da província central de Camagüey, quando recuperou a categoria 5.

Essa pequena ilhota abriga os polos turísticos de Cayo Santa María, Cayo Coco e Cayo Guillermo, evacuados há dois dias.

O furacão "Irma", que é o primeiro de categoria 5 que toca terra cubana com seu olho desde 1932, afetou o norte do leste cubano desde a noite de quinta-feira e durante toda a jornada de sexta-feira.

Nesta tarde está previsto que diminua a intensidade do vento na região oriental e se aumente gradualmente em direção oeste para as províncias de Matanzas, Mayabeque e Havana, com ventos de entre 60 e 85 quilômetros por hora, com sequências superiores.

Em Havana, onde o açoite de "Irma" será menos intenso, se esperam inundações costeiras nesta tarde no seu famoso quebra-mar, que poderiam avançar entre 200 e 500 metros terra adentro.

Às 8h (horário local, 9h de Brasília), o olho de "Irma" estava 135 quilômetros ao leste de Caibarién, em Cuba, e 440 ao sul-sudeste de Miami, e avançava a uma velocidade 19 quilômetros por hora na direção oeste.

"Irma", o furacão mais poderoso já registrado no Atlântico, deixou pelo menos 18 mortos em sua passagem pelas Pequenas Antilhas e Porto Rico e destruiu a ilha de Barbuda e a parte francesa de Saint Martin.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos