Exército sírio rompe assédio do Estado Islâmico ao aeroporto de Deir ez-Zor

Cairo, 9 set (EFE).- O exército da Síria rompeu neste sábado o assédio ao aeroporto de Deir ez-Zor, no leste do país, que os jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) mantinham cercado desde 2014, segundo a agência oficial de notícias "Sana".

Em um breve comunicado, a "Sana" assegurou que as forças leais ao presidente Bashar al Assad também entraram nos bairros de Harabesh e Tahtuh, também assediados pelos extremistas e situados no sul de Deir ez-Zor, da mesma forma que o aeroporto.

Os novos avanços das tropas governamentais acontecem quatro dias após o rompimento do cerco que o EI mantinha há três anos sobre a base militar Brigada 137 e a outros bairros da cidade que chegou a estar controlada quase em sua totalidade pelos jihadistas.

Segundo a agência oficial síria, a população da cidade começou a comemorar a irrupção das tropas governamentais.

A ofensiva do exército contra o EI na província de Deir ez-Zor começou no último dia 2 de setembro e foi lançada em duas frentes a partir da vizinha Homs, onde as tropas também ganharam terreno recentemente contra os jihadistas.

Deir ez-Zor é um dos últimos redutos do EI na Síria, depois que a organização radical perdeu parte dos seus domínios no seu feudo de Raqqa, no nordeste do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos