Furacão "Irma" segue perdendo força após tocar terra em Cuba

Miami (EUA), 9 set (EFE).- O furacão "Irma" continua perdendo força neste sábado após ter tocado terra na noite de ontem na costa norte de Cuba, ainda que se mantenha como categoria 4, depois que seus ventos passaram nas últimas horas de 250 para 215 quilômetros por hora, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Às 8h (horário local, 9h de Brasília), o olho de "Irma" estava 135 quilômetros ao leste de Caibarién, em Cuba, e 440 ao sul-sudeste de Miami, e avançava a uma velocidade 19 quilômetros por hora na direção oeste.

Segundo o último boletim do NHC, com sede em Miami, "Irma" poderia girar para o noroeste no final do dia de hoje.

Desta forma, o olho do furacão se moveria perto da costa norte de Cuba ao longo do dia de hoje, chegaria às ilhotas da Flórida no domingo de manhã e depois à costa sudoeste desta península no domingo à tarde.

"Irma", o furacão mais poderoso já registrado no Atlântico, deixou pelo menos 18 mortos em sua passagem pelas Pequenas Antilhas e Porto Rico e destruiu a ilha de Barbuda e a parte francesa de Saint Martin.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos