Arábia Saudita insiste em encontrar solução com Catar após suspender diálogo

Riad, 10 set (EFE).- A Arábia Saudita não desistiu de encontrar uma solução à crise diplomática com o Catar após suspender o diálogo com o emirado, declarou neste domingo o chefe da diplomacia saudita, Adel al Yubeir, em uma coletiva de imprensa conjunta com seu homólogo da Rússia, Serguei Lavrov.

"A Arábia Saudita quer que o Catar mostre intenções sérias para chegar a uma solução à crise", disse o dirigente saudita em uma coletiva de imprensa realizada em Jidá, no oeste do reino.

"A nossa posição sobre o Catar está clara e a manteremos até que deixe de apoiar o terrorismo (...) e pare de divulgar o seu discurso", salientou Al Yubeir.

Por sua parte, o ministro das Relações Exteriores russo expressou seu desejo de que "os atuais esforços de mediação deem seus frutos com o fim de resolver a crise do Golfo", em referência ao emir do Kuwait, que atua como mediador.

Lavrov viajou para a Arábia Saudita dentro de uma excursão que amanhã lhe levará à Jordânia, informou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

Ambos ministros de Exteriores discutiram também as situações em outros países árabes como Síria, Iêmen, Líbia e Iraque.

Ontem, a Arábia Saudita anunciou a suspensão de todo diálogo com o Catar ao acusar este país de distorcer os fatos, momentos depois que se informasse de uma proposta catariana de abrir negociações para pôr fim à crise.

Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Egito romperam relações diplomáticas com o Catar no início do último mês de junho e lhe impuseram uma série de sanções econômicas e diplomáticas após acusar-lhe de financiar o terrorismo, alegação negada taxativamente pelo governo catariano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos