Bombardeio russo mata 4 pessoas da mesma família no leste da Síria, diz ONG

Cairo, 10 set (EFE).- Quatro pessoas de uma mesma família morreram neste domingo em um bombardeio efetuado supostamente por aviões russos contra barcas que transportavam civis no rio Eufrates, na província síria de Deir ez-Zor, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os civis se deslocavam em barca da ribeira ocidental do rio, na cidade síria de Albulil, no leste da província, para a margem oriental quando foram atacados, indicou a fonte.

Além dos quatro mortos - um casal e seus dois filhos -, outras 12 pessoas ficaram feridas, segundo o Observatório.

Os cidadãos de Albulil estão usando estas barcas para cruzar o Eufrates e fugir do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), que controla o território, já que a aviação da Rússia e da coalizão internacional - liderada pelos Estados Unidos - destruíram a maioria das pontes que conectavam ambas margens.

Deir ez-Zor é alvo de uma ofensiva do exército sírio desde o início do mês, enquanto as Forças da Síria Democrática (FSD), aliança encabeçada por milícias curdas que contam com o apoio da coalizão, se dirigem atualmente à província para a disputa.

Essa província, controlada pelo EI desde 2014, é um dos últimos feudos do grupo terrorista na Síria, depois que a organização radical perdeu parte dos seus domínios na sua capital de fato, Raqqa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos