Mãe e filha brasileiras são detidas em aeroporto no Marrocos com cocaína

Rabat, 10 set (EFE).- Uma brasileira de 43 anos e sua filha de 22 foram detidas neste domingo no aeroporto de Casablanca com 81 cápsulas que continham 790 gramas de cocaína, informou a polícia marroquina.

As duas mulheres chegaram ao Aeroporto Mohamed V de Casablanca procedentes de São Paulo e pretendiam seguir viagem rumo a Madri, mas despertaram suspeitas dos agentes alfandegários.

Ao serem revistadas, foi descoberto que as mulheres levavam sob suas roupas 81 cápsulas de cocaína, que possivelmente seriam comercializadas na Espanha.

Há apenas um voo, operado pela Royal Air Maroc, que liga o aeroporto de Casablanca a São Paulo, e a rota se transformou em uma "ratoeira" para pequenos traficantes sul-americanos e africanos que trazem cocaína do Brasil para distribui-la em países da África e, em menos ocasiões, na Espanha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos