Confronto entre Exército venezuelano e grupo armado deixa 11 mortos

Caracas, 11 set (EFE).- Um confronto entre o Exército da Venezuela e um grupo armado no domingo deixou 11 mortos na cidade de Tumeremo, no estado de Bolívar, segundo informou o Ministério Público do país, que já investiga os fatos.

Como informação preliminar, o órgão explicou em comunicado que, no domingo, integrantes do Exército Nacional Bolivariano realizavam trabalhos de vigilância no setor de El Triunfo, em Tumeremo, "devido à presença de membros de uma organização armada".

"Durante o procedimento, os militares foram surpreendidos por um grupo de desconhecidos, o que gerou uma troca de tiros. Como resultado do conflito, ficaram feridos 11 homens e também um oficial do Exército", diz o texto.

Tumeremo é uma região no sul da Venezuela rica em minerais, especialmente em ouro. Em março de 2016, nesse mesmo local, grupos criminosos enterraram 17 mineradores em fossas de cinco metros de profundidade.

Em outubro desse mesmo ano, na mesma região foram encontrados enterrados dois cadáveres que apresentavam vários ferimentos de tiro, e um dos corpos estava mutilado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos