Itália procura 2 desaparecidos após temporal no noroeste e centro do país

Roma, 11 set (EFE).- As autoridades da Itália procuram duas pessoas desaparecidas como consequência do temporal que atingiu o noroeste e centro do país, especialmente as regiões de Ligúria e Toscana, informou o corpo de bombeiros.

Os desaparecidos são uma mulher de 34 anos e um homem de 67, segundo a imprensa local, enquanto que o balanço de vítimas por causa das fortes chuvas permanece inváriavel em seis mortos.

Os bombeiros correm desde ontem na buscar pelos dois desaparecidos e também para retirar barro e água das ruas que permanecem fechadas para permitir o seu acesso.

De fato, nas últimas 24 horas as chamadas de emergência ao corpo de bombeiros se sucederam com insistência em diversas partes da região e os bombeiros tiveram que realizar mais de 520 intervenções de urgência.

Cerca de 2.500 pessoas de Livorno e Pisa estão sem luz nem água, as estações de trem nestas cidades estão fechadas e portanto os itinerários ferroviários permanecem interrompidos.

A Promotoria de Livorno abriu uma investigação por desastre culposo e a junta regional previu declarar hoje estado de emergência na região.

O ministro de Meio Ambiente da Itália, Gian Luca Galletti, visitará a região para fazer uma reunião com as autoridades locais e dar mostras de solidariedade para as pessoas afetadas.

"A Itália inteira abraça Livorno. Proximidade com as famílias das vítimas, pleno apoio ao prefeitO e à região para enfrentar a emergência", escreveu no Twitter o premiê italiano, Paolo Gentiloni.

As chuvas continuam hoje no país, com menor intensidade, e o alarme meteorológico por fortes chuvas nestas regiões do noroeste e centro do país se mantém até amanhã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos