Papa diz que percebeu vontade de continuar processo de paz na Colômbia

A bordo do avião papal, 11 set (EFE).- O papa Francisco afirmou nesta segunda-feira que, apesar do ódio gerado durante tantos anos de conflito na Colômbia, percebeu "a vontade de continuar no processo de paz", durante uma entrevista coletiva no avião em que retornou desse país.

Sobre a divisão do povo colombiano após os acordos do governo com as Farc, Francisco apontou que após muitos anos de guerrilha há "muito ódio, muito rancor, muitas almas doentes".

"Estas guerrilhas, os paramilitares, a corrupção, cometeram pecados graves que causaram esta doença do ódio", acrescentou o pontífice ao responder uma das perguntas dos jornalistas que o acompanharam nesta viagem.

Para o papa, "há passos que dão esperança", como o último acordo de cessar-fogo do governo colombiano com o Exército de Liberdade Nacional (ELN).

"Mas há algo que percebi, a vontade de ir adiante com este processo, que vai além das negociações, é um desejo espontâneo e aí está a força do povo", disse.

Sobre a validade deste processo de paz, Francisco explicou que, como na homilia de ontem em Cartagena, onde fechou sua viagem, "um processo só irá adiante se o povo aceitá-lo".

"Se o povo não o aceita, irá adiante só por um tempo, mais ou menos. O protagonista da pacificação é o povo", acrescentou.

Francisco também se disse "comovido pela alegria, a ternura, a juventude e a nobreza do povo colombiano, um povo nobre, que não tem medo de expressar o que sente".

Embora já tenha visitado o país em outras três oportunidades, o papa explicou que foram breves viagens - duas a Bogotá e uma a La Ceja -, portanto "não conhecia a Colômbia profunda que se vê nas ruas".

"Agradeço o testemunho de alegria, de esperança, de paciência, de sofrimento deste povo. Me fez muito bem", concluiu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos