Passagem do furacão "Irma" deixa pelo menos 1 morto no Haiti

Porto Príncipe, 11 set (EFE).- As autoridades haitianas encontraram o corpo de um homem que havia desaparecido na sexta-feira quando tentou cruzar um rio transbordado pelas chuvas provocadas pelo furacão "Irma", informou nesta segunda-feira à Agência Efe uma fonte de Defesa Civil.

O homem desapareceu no centro do país, um dos departamentos mais afetados pelo ciclone, que hoje se degradou de furacão a tempestade tropical enquanto avança para o norte do estado da Flórida, nos Estados Unidos.

Por outra parte, fontes de Defesa Civil afirmaram hoje à Efe que outra pessoa desapareceu em Mirbalais, também no centro do país.

"Irma" se aproximou do norte do Haiti, país mais pobre da América, menos de um ano depois de "Matthew" devastar parte da nação em outubro de 2016, deixando pelo menos 573 mortos, milhares de afetados e consideráveis danos.

O ciclone "Irma" deixou pelo menos dois feridos e, ainda que não tenha impactado diretamente este empobrecido país, milhares de pessoas seguem evacuadas, muitas das quais perderam quase todos seus bens.

As atividades começaram a voltar hoje à normalidade no Haiti, com a jornada trabalhista e a reabertura das escolas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos