China deve evacuar 500 mil pessoas por conta da chegada do Tufão Talim

Pequim, 12 set (EFE).- Até 500 mil pessoas podem ser evacuadas ao longo desta terça-feira pelas autoridades chinesas, diante da iminente chegada do Tufão Talim, que deve tocar a terra no sudeste do país, no final desta semana, informou o jornal independente "South China Morning Post".

O departamento de meteorologia da província de Fujian anunciou hoje a chegada deste fenômeno atmosférico de igual força e intensidade que o Irma (categoria 4-5), o furacão que castiga há dias a região do Caribe e o sudeste dos Estados Unidos, com ventos de mais de 200km/h.

Liu Aiming, engenheiro-chefe do departamento, disse ao jornal que a maioria das pessoas que seria afetada pelo tufão mora em áreas propensas às inundações e deslizamentos de terra e em locais que não seriam resistentes para aguentar a passagem do Talim.

O tufão Talim surgiu nas costas da Filipinas no último sábado e antes de chegar na China, passará pelo norte da ilha de Taiwan onde o governo local convocou ontem uma reunião especial para ativar um centro de resposta de emergências em cooperação com as autoridades locais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos