Parlamento iraquiano rejeita referendo de independência do Curdistão

Bagdá/Erbil (Iraque), 12 set (EFE).- O Parlamento iraquiano votou nesta terça-feira contra o referendo de independência na região autônoma do Curdistão, que está previsto para 25 de setembro, e pediu ao Governo que atue para manter a unidade do Iraque.

Durante a sessão ordinária, a maioria do Parlamento votou contra o referendo de independência, o que fez com que os deputados curdos se retirassem da votação, disse à Agência Efe uma fonte parlamentar.

"A Constituição carece de artigos que deem validade a realizar o referendo de independência do Curdistão. Por isso, o Parlamento votou contra e pediu ao Governo que previna a celebração deste referendo que ameaça a segurança" do Iraque, assegurou a fonte.

O Parlamento autorizou ao premiê iraquiano, Haidar al Abadi, a tomar "todas as medidas necessárias para manter a unidade do Iraque", e pediu que inicie um "diálogo sério" para tratar os assuntos pendentes entre Bagdá e Erbil.

Ontem, o presidente do Curdistão iraquiano, Masud Barzani, assegurou em uma entrevista à emissora britânica "BBC" que está disposto a delinear as fronteiras de um futuro Estado curdo se o Iraque não aceitar um voto pela independência.

Barzani também advertiu que os curdos estão dispostos a lutar contra qualquer grupo que trate de modificar pela força a "realidade" na petroleira cidade de Kirkuk, controlada pelas forças curdas 'peshmerga' desde a debandada do Exército iraquiano perante o avanço do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) em junho de 2014.

Em 7 de junho, a presidência do Curdistão convocou um referendo de independência, apesar da rejeição do Governo iraquiano e de alguns países vizinhos, sobretudo a Turquia.

O Curdistão iraquiano goza de um estatuto de autonomia desde a década de 1990 que lhe foi reconhecido na Constituição de 2005, na qual o Iraque é definido como um Estado federal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos