Tempestade Maring deixa pelo menos 4 mortos e 18 desaparecidos nas Filipinas

Bangcoc, 13 set (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram e 18 permanecem desaparecidas nas regiões norte e central das Filipinas, por conta da passagem da tempestade tropical Maring, que provocou inundações e deslizamentos de terra, informou nesta quarta-feira (data local) a imprensa local.

Dois irmãos, identificados como Justin e Jude Pundal (de 14 e 17 anos, respectivamente), morreram na cidade de Taytay, perto de Manila, enterrados por uma avalanche de barro, causada ontem pela forte chuva, de onde foram resgatados quatro feridos.

Também um bebê de 2 meses morreu e oito membros da sua família se feriram, após a ruptura de um muro de contenção em Quezón, enquanto uma pessoa não identificado se afogou em Santa Rosa, disseram as autoridades locais.

Já em Calamba, ao sul de Manila, 13 pessoas permanecem desaparecidas após uma tromba d'água que atingiu várias casas.

Quatro marujos e outra pessoa não identificada também estão desaparecidas após a passagem do Maring, afirma o jornal "The Philippine Star".

As autoridades ainda não divulgaram números de danos ou desabrigados por conta das inundações, registradas em grandes áreas da ilha de Luzon, incluindo a capital filipina.

Em Manila, as aulas foram suspensas pelo segundo dia consecutivo, assim como em outras cidades próximas.

O Maring avança para o mar do sul da China, aonde entrará nesta quarta, a uma velocidade de 15km/h e acompanhado de ventos sustentados de 60km/h e rajadas de 100km/h.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos