Armazéns Gum em Moscou são mais um local a receber ameaça de bomba na Rússia

Moscou, 13 set (EFE).- Os famosos armazéns Gum, na Praça Vermelha de Moscou, foram nesta quarta-feira a última vítima da onda de ameaças de bomba nos últimos dias na Rússia.

Segundo o serviço de segurança presidencial, a polícia se dirigiu ao histórico edifício para comprovar se a ameaça é real ou é falsa, como ocorreu nas outras cidades russas.

Por enquanto, não se sabe se as autoridades ordenarão a evacuação dos armazéns.

Ao mesmo tempo, a polícia negou que a ameaça de bomba tenha sido dirigida contra a Praça Vermelha, onde centenas de pessoas circulam diariamente.

Entre as cidades que receberam ligações anônimas com ameaças de bomba estão Petropavlovsk-Kamchatski, capital da península de Kamchatka, além de Irkutsk, Yakutsk, Samara, Saratov, Khabarovsk e Tomsk.

Em Petropavlovsk-Kamchatski, em particular, foram evacuados edifícios governamentais, lojas e vários colégios, segundo fontes oficiais.

Em nenhum destes locais foram encontradas bombas, informaram as forças de segurança, que ainda não identificaram os autores das falsas ameaças.

O Ministério do Interior da Rússia se absteve de comentar as estranhas ameaças, que começaram no último dia 10 de setembro e que alguns consideraram parte de simulações antiterroristas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos