Furacão Irma causa "danos significativos" à indústria de cítricos da Flórida

Miami, 14 set (EFE).- A passagem do furacão Irma pela Flórida atingiu em cheio uma das indústrias mais importantes do estado, a dos cítricos, que sofreu "danos significativos e devastadores".

Representantes do Departamento de Cítricos da Flórida (FDOC) afirmaram à Agência Efe que os efeitos do Irma, que atingiu o estado no último fim de semana, provocaram "danos significativos e generalizados em todo estado". Frutas foram arrancadas dos galhos pelos ventos, tão fortes que também derrubaram várias árvores.

"Com o fornecimento afetado, os preços provavelmente subirão ligeiramente. No entanto, não será imediato. Os consumidores não verão esse aumento amanhã ou na próxima semana", explicou a porta-voz do FDOC, Shelley Rossetter.

A agência indicou que antes da chegada do Irma a expectativa era colher 75 milhões de caixas de laranja. No entanto, por causa da passagem do furacão, essa colheita será agora muito melhor.

O secretário de Agricultura da Flórida, Adam Putnam, sobrevoou ontem os condados do sudoeste e do centro do estado. Segundo ele, ainda é cedo para saber o alcance dos danos, mas é possível afirmar que a indústria dos cítricos sofreu "perdas sérias e devastadoras" por causa da passagem do furacão Irma.

No Twitter, Putnam postou fotos aéreas tiradas nos condados de Hardee e DeSotto. É possível ver nas imagens as plantações inundadas.

A indústria dos cítricos na Flórida é uma das mais poderosas do estado. Emprega mais de 45 mil pessoas e gera um impacto econômico de US$ 8,6 bilhões, que gera centenas de milhões de dólares em impostos para o estado, de acordo com a FDOC.

A porta-voz da agência federal expressou o desejo de que os produtores de cítricos locais, que antes já passaram por geadas, possam superar os danos provocados pelo Irma nas plantações.

O presidente dos EUA, Donald Trump, percorreu hoje as regiões destruídas pelo Irma na Flórida, que tenta voltar à normalidade em meio a blecautes, imóveis destruídos e estradas bloqueadas.

Trump prometeu ajuda federal para recuperar o estado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos