Miliciano do Hamas morre em desabamento de túnel em Gaza

Gaza, 14 set (EFE).- Um militante do movimento islamita Hamas, que governa a Faixa de Gaza, morreu nesta quinta-feira após o desabamento de um túnel no leste da cidade de Gaza.

Fontes oficiais confirmaram que o miliciano foi identificado como Khalil Demyati, de 27 anos. Ele já chegou morto ao hospital para o qual foi levado após o incidente.

As Brigadas Izz Al-din Al Qassam, braço armado do Hamas, confirmaram que Demyati fazia parte do movimento e que morreu enquanto realizava uma missão em um dos túneis.

O Hamas e outros grupos armados em Gaza escavam túneis subterrâneos na fronteira com Israel para "fins militares". Nos últimos três anos, mais de 20 milicianos morreram em circunstâncias similares, segundo grupos humanitários da região.

Entre julho e agosto de 2014, Israel lançou uma operação militar de grande escala contra a Faixa de Gaza. A ação durou 50 dias e destruiu dezenas desses túneis usados por militantes do Hamas para fazer ataques contra civis e militares israelenses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos