Palácio do século XIX pode virar casa de Madonna em Lisboa

Cynthia de Benito.

Lisboa, 14 set (EFE).- Após passar parte do verão em Lisboa, a cantora Madonna começou a procurar uma casa na capital portuguesa, onde a última propriedade a chamar sua atenção foi um palácio do século XIX que no passado era utilizado para recepções diplomáticas.

O lar da rainha do pop poderia ser, segundo as últimas informações sobre o percurso da artista, um luxuoso imóvel de quatro andares no bairro de Lapa, com vizinhos com alto poder aquisitivo.

A propriedade, de cerca de sete mil metros quadrados, inclui um edifício separado que cumpre as funções de garagem - com pelo menos 20 vagas - e um amplíssimo jardim, com boa vista para o rio Tejo e ideal para festas ao ar livre protegidas de curiosos por um elevado muro.

Instalações imprescindíveis para um imóvel que durante décadas foi a residência do embaixador do Reino Unido em Lisboa, segundo lembra a imprensa portuguesa.

No total, a casa, com quatro quartos e sete banheiros, teria um preço que ronda, segundo estes meios de comunicação locais, 7,5 milhões de euros, ainda que outras fontes assegurem que os proprietários do palácio não pretendem vendê-lo e, ao invés disso, negociam com a estrela um aluguel mensal de 40 mil euros.

Detalhes à parte, Madonna, de 59 anos, já deixou evidente seu interesse na propriedade com uma visita captada pelos paparazzi lusos na qual aparece totalmente vestida de branco e com tênis esportivo, ainda que ela mesma tenha compartilhado imagens no Instagram sobre sua busca por uma casa.

Assim, ficou evidente que ela gostou do bairro da Lapa, onde passeou pelo Palacete do Conde de Agrolongo, não longe da ex-residência do embaixador.

A estrela deixou para trás sua preferência pelos arredores da capital, concretamente a cidade de Sintra, a 30 km de Lisboa, onde se interessou por uma clássica chácara de estilo romântico.

A propriedade, com vista para o singular Castelo dos Mouros, um dos monumentos mais visitados de Portugal, data do século XVIII e, segundo a página da imobiliária que a mantém à venda, conta com quatro quartos e sete banheiros repartidos em dois mil metros quadrados, tudo por 7,5 milhões de euros.

À espera de conseguir uma casa definitiva em Lisboa, a cantora está instalada em um local que lhe oferece também certa privacidade: o hotel Pestana no bairro de Alcântara, às margens do rio.

A imprensa portuguesa assegura que a artista reservou a melhor suíte do hotel, que conta com duas salas de estar, um terraço de 33 metros quadrados e, certamente, um amplo quarto que teve como hóspedes o ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, e o cantor Prince.

Além disso, inclui a possibilidade de contar com mordomo, limusine e chef privado, se Madonna solicitar, tudo por quase 2,7 mil euros por noite.

Nem tudo, porém, se resume a buscar uma casa. A cantora também aproveita as noites para conhecer o clássico bairro de Alfama, berço do fado e onde Madonna já entoou seu "Like a Virgin" em uma festa que mostrou nas redes sociais.

Sua presença na cidade causou tanto rebuliço, que a artista apareceu involuntariamente no debate dos candidatos a prefeito de Lisboa, que será eleito em 1º de outubro, mas na hora de falar sobre a projeção e desafios da capital portuguesa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos