Em tom de despedida, premiê peruano afirma que "foi uma honra ajudar" o país

Lima, 15 set (EFE).- O primeiro-ministro do Peru, Fernando Zavala, afirmou nesta sexta-feira que "foi uma honra ajudar o país sob a liderança do presidente (Pedro Pablo) Kuczynski", depois que o Congresso dominado pelo fujimorismo rejeitou um pedido de confiança que solicitou, razão pela qual deverá deixar o cargo nas próximas horas.

Zavala declarou, em uma mensagem em sua conta no Twitter, que para ele foi muito importante "liderar e defender políticas em benefício de todos os peruanos".

"O Peru e nossa gente tem um grande futuro pela frente. Obrigado a toda minha equipe. Foi uma honra trabalhar com vocês", acrescentou, em alusão ao gabinete de ministros, que também deverá renunciar.

A retirada de confiança do gabinete presidido por Zavala obriga o presidente Kuczynski a formar um novo Executivo em um prazo máximo de 72 horas.

Zavala apresentou o pedido de confiança ao Congresso para evitar uma censura à ministra de Educação, Marilú Martens, acusada de má gestão de uma greve de professores que paralisou a educação pública durante mais de dois meses.

No entanto, o governo considerou que essa censura estava dirigida contra a reforma educativa, uma política considerada básica e irrenunciável pelo presidente Kuczynski.

Desde que assumiu em julho do ano passado, o presidente já perdeu três ministros por pressões parlamentares: o predecessor de Martens na Educação, Jaime Saavedra; o ministro de Economia, Alfredo Thorne, e o ministro de Moradia, Martín Vizcarra, ainda que este se mantenha como vice-presidente do país.

Depois da decisão do Congresso, Kuczynski afirmou que procederá "de acordo com a lei" e enfatizou que é "respeitoso da Constituição e da democracia".

O presidente peruano agradeceu ainda "o grande trabalho" de Zavala e seu gabinete, e destacou seu esforço em "proteger políticas de Estado em benefício do país".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos