Macron pede que Putin avance "mais rápido" para solucionar guerra na Síria

Paris, 15 set (EFE).- O presidente da França, Emmanuel Macron, falou nesta sexta-feira por telefone com o seu homólogo da Rússia, Vladimir Putin, a quem pediu que avance "mais rápido" para que se iniciem negociações "reais" que sirvam para resolver a guerra civil na Síria.

"Macron salientou a necessidade de que se avance mais rápido para que se iniciem negociações reais no marco do processo de Genebra sob o amparo da ONU. O processo politico é a única via que permite uma estabilização duradoura", informou a presidência francesa em um comunicado.

Os governantes também conversaram sobre a tensão com a Coreia do Norte e concordaram com a gravidade "da situação frente às provocações repetidas de Pyongyang".

Macron ressaltou ainda "a importância do papel da Rússia nesta crise para uma resposta unânime e firme da comunidade internacional".

Na crise da Ucrânia, segundo o presidente francês, "o trabalho segue no marco do formato de Normandia", que remete ao primeiro encontro entre os líderes de Ucrânia, Rússia, França e Alemanha em junho de 2014 após a anexação da Crimeia.

Macron comemorou também que o diálogo com a Rússia tenha progredido desde que se encontrou com Putin no Palácio de Versalhes no último mês de maio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos