Oposição venezuelana terá Chile, México e Paraguai ao lado durante diálogo

Caracas, 16 set (EFE).- A aliança opositora venezuelana Mesa da Unidade Democrática (MUD) informou neste sábado que Chile, México e Paraguai foram escolhidos como os países responsáveis por acompanhar o eventual processo de diálogo com o governo do presidente Nicolás Maduro.

Entre as negociações, que segundo a oposição estão em fase inicial e ainda não significam um diálogo político, foi definido que seis países acompanhariam o processo do novo e eventual diálogo.

O deputado venezuelano e negociador opositor Luis Florido indicou que a MUD já escolheu Chile, México e Paraguai como seus acompanhantes.

"O México, que liderou uma luta diante da OEA e que é líder na região, e o Chile, que é um país importantíssimo do sul e que tem influência em toda a América do Sul e também na do Norte", comentou o parlamentar venezuelano em coletiva de imprensa.

Por sua parte, o governo selecionou Bolívia e Nicarágua, mas não informou sobre a terceira decisão.

"Há dois países que faltam ser definidos. Nós já definimos qual é o nosso terceiro país, que neste caso seria o Paraguai. Vocês viram as posições do Paraguai a respeito da luta pela mudança política e pela democracia na Venezuela", adiantou.

Florido destacou que o presidente da República Dominicana, Danilo Medina - um dos impulsores deste novo processo -, "foi um anfitrião que teve um equilíbrio muito importante".

Representantes do governo venezuelano e da oposição se reuniram nesta semana em Santo Domingo como início de um eventual novo processo de diálogo, cujas reuniões continuarão no dia 27 de setembro.

Florido esclareceu neste sábado que ainda não iniciou um diálogo com o governo e que não haverá um até que haja garantias para isso. Além disso, qualificou as reuniões na capital dominicana como "encontros exploratórios".

"Nós estudamos a lição com o governo", ressaltou ao criticar o governo por fazer "propaganda" política ao seu favor com estas situações.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, declarou na sexta-feira que os dois lados estão próximos de chegar a um acordo de convivência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos