Incursões do ELN deixam 2 policiais feridos na Colômbia

Bogotá, 16 set (EFE).- Dois policiais levemente feridos e quatro veículos queimados foi o saldo de duas incursões atribuídas pelas autoridades a guerrilheiros do Exército de Liberdade Nacional (ELN) ao município de Valvidia, no departamento de Antioquia, no noroeste da Colômbia, informaram neste sábado fontes oficiais.

O comandante da Polícia de Antioquia, o coronel Carlos Mauricio Sierra Niño, disse aos jornalistas que homens que estavam em uma moto lançaram dois explosivos contra a subestação de Polícia do povoado de Puerto Valvidia.

Na mesma região, outro grupo de guerrilheiros do ELN entrou em um dos acampamentos do consórcio encarregado da construção da rodovia Puerto Valdivia-Hidroituango e queimaram quatro veículos.

"Chegaram seis sujeitos, encapuzados, com armas curtas e identificadas como membros do ELN, ameaçaram o guarda de segurança que estava neste acampamento (...), roubaram sua arma e incineraram os veículos", concluiu Sierra.

No último dia 4, o Governo colombiano e o ELN anunciaram em Quito, onde exploram um acordo de paz, um cessar-fogo bilateral e temporário, que se tornará efetivo entre 1 de outubro e 12 de janeiro de 2018.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos