Reino Unido reduz nível de alerta terrorista

Londres, 17 set (EFE).- O Reino Unido reduziu neste domingo de "crítico" para "grave" o nível de alerta terrorista no país após a prisão de dois homens relacionados com a explosão ocorrida na última sexta-feira em uma composição do metrô de Londres, informou a ministra do Interior, Amber Rudd.

A ministra disse que a polícia britânica fez grandes progressos na investigação sobre o ataque, em que 30 pessoas sofreram ferimentos leves devido à explosão de um artefato em um vagão na estação Parsons Green.

O nível "grave" - o segundo mais alto de uma escala de cinco - significa que um ataque terrorista é altamente provável.

A ministra explicou que a decisão de reduzir o alerta foi tomada pelo Centro de Análise Conjunto de Terrorismo, composto por representantes de 16 departamentos do governo e com sede no escritório do serviço secreto MI5.

"Grave significa que um ataque é altamente provável, por isso peço a todos que fiquem alertas, mas não alarmados", acrescentou.

A decisão foi tomada depois que a polícia prendeu neste fim de semana dois jovens, um de 18 e outro de 21 anos, por relação com o ataque.

O rapaz de 18 anos foi preso ontem de manhã na sala de embarque do porto de Dover, no sudoeste da Inglaterra, e o outro ontem à noite no bairro de Hounslow, perto do aeroporto de Heathrow, em Londres. As autoridades britânicas ainda não divulgaram nem as nacionalidades, nem as identidades de ambos.

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do ataque, embora Amber Rudd tenha dito hoje à rede de televisão "BBC" que "não há evidências" de que a organização esteja por trás deste atentado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos