Caças e bombardeiros dos EUA fazem simulacro de ataque na península coreana

Seul, 18 set (EFE).- Quatro caças F-35B e dois bombardeiros estratégicos B-1B dos Estados Unidos fizeram nesta segunda-feira um simulacro de bombardeio sobre a península da Coreia em resposta ao lançamento de um míssil de alcance médio na sexta-feira passada pelo regime de Pyongyang.

Nas manobras participaram também quatro caças sul-coreanos F-15K, segundo antecipou uma fonte do Governo de Seul à agência "Yonhap".

Os exercícios foram feitos três dias depois de a Coreia do Norte lançar um míssil de alcance intermediário que percorreu cerca de 3.700 quilômetros e sobrevoou o norte do arquipélago japonês antes de cair no mar.

O posicionamento destes equipamentos militares como prova de força começa a ser habitual por parte dos Estados Unidos, que já enviou à peninsula justamente quatro caças F-35B e dois bombardeiros B-1B em resposta ao lançamento de outro míssil por parte de Pyongyang.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos