Putin vai supervisionar manobra militar com a Bielorrúsia que preocupa a Otan

Moscou, 18 set (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, viajou nesta segunda-feira à região de Leningrado para supervisionar as manobras militares conjuntas realizadas entre o país e a Bielorrússia que incomodaram os vizinhos e a Otan.

"É uma prática habitual. Se trata de uma grande manobra. Putin sempre participa como comandante em chefe", indicou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, aos jornalistas, negando que a presença do presidente tenha relação com a reação dos países do Ocidente.

Segundo o Kremlin, Putin não fará declarações e se limitará a ouvir os relatórios dos comandantes do Exército. Além disso, ele observará pessoalmente algumas das manobras militares.

"Se o tempo permitir, o presidente também supervisionará os armamentos de nova geração", completou o porta-voz.

O chefe do Estado-Maior do Exército da Rússia, Valery Guerasimov, garantiu ao comandante da OTAN para a Europa, general Curtis Scaparrotti, que as manobras são defensivas. A Otan acusa a Rússia de falta de transparência no exercício militar.

Os países vizinhos também criticaram a Rússia e falaram que manobras similares realizadas em 2008 foram seguidos da invasão à região separatista de Ossétia do Sul, na Geórgia. E, em 2014, da anexação da península ucraniana da Crimeia.

O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, criticou no início do mês a falta de transparência da Rússia e afirmou que acompanharia muito de perto as manobras conjuntas.

O ministro de Defesa da Polônia, Antoni Macierewicz, acusou Putin de querer intimidar o Ocidente. Já a Letônia afirmou temor de que a Rússia volte a manter permanentemente militares na Bielorrússia.

Aviões espiões dos Estados Unidos, Reino Unido, França e Suécia sobrevoam há dias a fronteira com Kaliningrado, reduto russo no Báltico, segundo a imprensa russa.

A "Zapad 2017", como foram batizadas as manobras, são realizadas nos polígonos militares no oeste da Bielorrússia e nas regiões de Leningrado, Pskov e Kaliningrado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos