Depois de ameaça de corte de verbas, Trump defende reformas na ONU

  • AP

    O presidente americano Donald Trump a necessidade de reformas no funcionamento da ONU nesta segunda (18)

    O presidente americano Donald Trump a necessidade de reformas no funcionamento da ONU nesta segunda (18)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu nesta segunda-feira (18) a necessidade de reformas no funcionamento da ONU e elogiou as iniciativas que estão sendo tomadas pelo secretário-geral, Antonio Guterres.

"Nos anos recentes, a ONU não atingiu seu pleno potencial por causa da burocracia e da má gestão", disse Trump em seu primeiro discurso na sede das Nações Unidas durante uma reunião organizada pelos EUA para discutir reformas na organização.

Trump, que no passado tinha sido muito crítico com a ONU, se mostrou satisfeito com as ações que estão sendo tomadas por Guterres e afirmou que, graças a ela, a ONU está "mudando rapidamente".

O presidente americano disse que apoia plenamente a "grande visão de reforma" do ex-primeiro-ministro português e disse que a ONU se transformará em uma força importante em "favor da paz e da harmonia" do mundo se as mudanças forem verdadeiramente claras.

"Encorajamos o secretário-geral a utilizar plenamente sua autoridade para reduzir a burocracia, reformar sistemas antiquados e tomar decisões firmes para promover a missão central da ONU", destacou Trump durante o discurso.

Além disso, Trump pediu que todos os países-membros não fiquem presos às fórmulas do passado que não funcionam. O objetivo, segundo ele, é que os cidadãos recuperem a confiança no trabalho da ONU.

Nesse sentido, o presidente americano criticou que a elevação dos gastos com pessoal ocorridos na ONU desde 2000 não deram os resultados que deveriam. "Mas estamos vendo que, com o secretário-geral, isso está mudando e mudando rapidamente", afirmou.

Trump, que ameaçou cortar a contribuição americana ao orçamento da ONU depois de chegar ao poder, destacou hoje que nenhum país deve assumir uma "carga desproporcional" na organização.

O discurso, que durou apenas cinco minutos, foi marcado por um caráter institucional.

No início, no entanto, Trump brincou sobre o "grande potencial" que viu na ONU quando decidiu construir uma torre com seu nome em frente à sede da organização.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos