Chegada do "Maria" gera alerta vermelho em San Martín e São Bartolomeu

Paris, 19 set (EFE).- O furacão "Maria" atinge, nesta terça-feira, o arquipélago francês de Guadalupe, em particular o sul, onde as autoridades pediram à população que permaneça confinada, ao mesmo tempo que decretaram o alerta vermelho em outras duas ilhas, as de San Martín e São Bartolomeu.

Segundo um boletim de alerta do Guadalupe de Météo France, no sul são esperados ventos de 180km/h, com rajadas de 220km/h ou até superiores, durante várias horas.

Como as ondas deviam superar os 10 metros de altura, o serviço meteorológico francês advertiu que era provável que houvesse "submersões localizadas" em pontos da costa.

A prefeitura (delegação do Governo) pediu para a população que escute as previsões meteorológicas, que se mantenha abrigadas e que não saiam "sob qualquer pretexto".

O furacão, que antes tinha se aproximado outra ilha francesa mais ao sul, a Martinica, causando apenas danos materiais limitados, segundo as primeiras informações divulgadas pela prefeitura, afirmando que 33 mil casas lares tinham ficado sem energia elétrica.

Quanto a San Martín e São Bartolomeu, que sofreram destruições catastróficas com a passagem do "Irma", Météo France fez notar no seu boletim de vigilância vermelha para os territórios, que entre hoje à tarde e amanhã haverá ventos de 80 a 90km/h, com rajadas de 120 a 140km/h e ondas de 6 a 7 metros.

Além disso, estima-se que as chuvas poderiam superar os 100 litros por m².

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos