Santos diz a Trump que América Latina não apoiaria intervenção na Venezuela

Bogotá, 19 set (EFE).- O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, disse na segunda-feira, ao mandatário dos Estados Unidos, Donald Trump, que a América Latina não apoiaria nenhum tipo de "intervenção militar" na Venezuela.

"Reiteramos ao presidente Trump, reiteramos também aos demais países, que qualquer intervenção militar não teria nenhum tipo de apoio da América Latina", disse Santos, após se reunir com o presidente americano.

Nesse encontro também participaram o presidente Michel Temer; o panamenho, Juan Carlos Varela, e a vice-presidente argentina, Gabriela Michetti.

Antes dessa reunião, Trump pediu a restauração "completa" da democracia e das liberdades políticas na Venezuela e assegurou que a situação era insustentável, "completamente inaceitável", e lembrou as sanções que os EUA impôs sob seu mandato contra o governo do presidente Nicolás Maduro.

Por sua parte, Santos disse que a reunião foi "muito cordial, onde cada um dos participantes expressou suas opiniões sobre a Venezuela".

"Estamos profundamente preocupados com o que está acontecendo, nosso maior interesse é defender o povo venezuelano, que seus direitos sejam respeitados, que a democracia seja restaurada e discutimos a forma e necessidade de coordenar para tentar produzir uma transição que seja pacifica, que mantenha a estabilidade e democrática", disse.

Neste sentido, o governante insistiu que é necessário trabalhar "para recuperar a democracia para os venezuelanos", que é fundamental para a Colômbia, pois é o país "mais interessado em que a Venezuela esteja bem".

O presidente destacou que "não tomaram medidas exatas" na reunião, mas concordaram "trabalhar em equipe", escutando-se mutuamente e opinando entre todos".

De novo, reiterou a necessidade que na Venezuela "libertem os presos políticos e que ocorrem eleições limpas, sem fraudes".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos