Trump diz que acordo nuclear com Irã é "uma vergonha" para os EUA

Nações Unidas, 19 set (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta terça-feira na ONU que o acordo nuclear feito em 2015 entre seu país e outras potências com o Irã é "uma vergonha" que seu governo pode abandoná-lo se suspeitar que ele possibilita a construção de um programa nuclear iraniano.

"Esse acordo é uma vergonha para os EUA, e não acredito que os senhores tenham ouvido a minha última palavra a respeito", disse Trump em seu primeiro discurso na Assembleia Geral da ONU.

"Não podemos permitir que um regime assassino siga com suas atividades desestabilizadoras enquanto constrói perigosos mísseis e não podemos cumprir com um acordo se proporciona uma brecha para uma eventual construção de um programa nuclear", afirmou.

Trump reiterou que o pacto multilateral, assinado também por França, Reino Unido, Alemanha, Rússia e China, é "uma das piores transações" nas quais os Estados Unidos já se envolveram.

O presidente americano critica o pacto nuclear desde a campanha eleitoral do ano passado, e espera-se que ele tome em breve uma decisão sobre deixá-lo ou não, assim que avaliar uma revisão que encomendou sobre o acordo e que, segundo o jornal "The Washington Post", deve estar pronta até meados de outubro.

Trump dedicou as palavras mais duras de seu discurso na ONU a Irã, Coreia do Norte e Venezuela. Sobre o regime dos aiatolás, ele disse que se esconde por trás de "uma falsa fantasia de democracia".

"É hora de o mundo inteiro se unir a nós e clame que o Irã acabe com sua busca por morte e destruição", ressaltou.

O presidente americano acusou o governo iraniano de falar "abertamente em assassinatos em massa", de defender a "morte dos Estados Unidos e a destruição de Israel" e querer "a ruína de muitas nações e líderes" presentes na Assembleia Geral.

Trump opinou que "o povo do Irã é o que mais teme seus líderes" e que esse "regime opressivo não pode durar para sempre", por isso em breve os iranianos "deverão escolher" se querem "voltar às suas orgulhosas raízes" e "serem felizes e prósperos de novo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos