Fortes chuvas deixam pelo menos 12 mortos na República Democrática do Congo

Kinshasa, 20 set (EFE).- Pelo menos 12 pessoas morreram e 93 estão desaparecidas devido às fortes chuvas na província de Kivu do Norte, no leste da República Democrática do Congo (RDC), informou nesta quarta-feira à Agência Efe o governador Julien Paluku.

As chuvas torrenciais registradas entre ontem à noite e hoje castigaram as localidades de Bahamba e Matanda, onde dezenas de pessoas permanecem desaparecidas, portanto o número de mortos pode aumentar nas próximas horas, disse o governador de Kivu do Norte.

Membros de serviços de emergência, como a Cruz Vermelha local, estão desdobrados na região e trabalham para resgatar com vida ao maior número de pessoas possível.

Muitos bairros tiveram o trânsito bloqueado e alguns colégios permaneciam fechados, devido aos danos causados pelas chuvas.

Os agricultores foram bastante afetados, já que nesta região, cercada de montanhas, a chuva arrasou os campos de cultivo localizados ao longo do rio Bihamba.

As autoridades locais prometeram apoiar os agricultores que sofreram perdas.

No mês passado, mais de 50 pessoas morreram em deslizamentos de terra provocados pelas fortes chuvas nos povoados de Tora, Kakakpa e Dhatsi, no nordeste do país.

Nos últimos anos, os deslizamentos de terra deixaram centenas de mortos na RDC, principalmente nas minas ilegais, onde os jovens arriscam suas vidas em troca de baixos salários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos