Ventos de Maria perdem força após furacão tocar terra em Porto Rico

(Corrige categoria do furacão no lead, correto: categoria 3).

(Atualiza com informações do último boletim do NHC).

Miami, 20 set (EFE).- A velocidade dos ventos do furacão Maria segue diminuindo após ter tocado terra nesta quarta-feira no sudeste de Porto Rico, mas o ciclone de categoria 3 continua representando perigo, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

Em seu último boletim, o CNH indicou que o olho de Maria está fora da costa noroeste de Porto Rico, com ventos máximos sustentados de 185 km/h, menos fortes que os apresentados hoje de manhã.

O ciclone agora se encontra a 20 km de Arecibo (Porto Rico) e 155 km ao leste de Punta Cana, na República Dominicana, e se move a 19 km/h em direção ao noroeste.

Espera-se que o fenômeno continue nessa trajetória perdendo paulatinamente sua velocidade até sexta-feira pela manhã.

O olho do furacão passará nesta noite e na quinta-feira sobre águas próximas à costa nordeste da República Dominicana, para depois se deslocar perto das ilhas Turks e Caicos e no sudeste das Bahamas até sexta-feira.

Maria tocou terra na manhã de hoje com ventos de 250 quilômetros por hora nos arredores do município de Yabucoa, em Porto Rico.

Um aviso de furacão continua em vigor para as Ilhas Virgens Americanas e Britânicas, Porto Rico, Culebra e Vieques; de Cabo Engaño até Puerto Plata na República Dominicana, nas Ilhas Turks e Caicos e no sudeste das Bahamas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos