Porto Rico confirma primeira morte pelo furacão "Maria" na ilha

San Juan, 20 set (EFE).- O governador de Porto Rico, Ricardo Rosselló, informou que uma pessoa morreu, na quarta-feira, na ilha, por causa do "Maria", elevando para nove o número provisório de mortos por este poderoso furacão em todo o Caribe.

Rosselló disse à emissora "CNN" que vítima fatal, um homem, morreu pelo impacto de um quadro que tinha sido instalado para proteger do vento uma casa e que acabou voando.

Ele advertiu, no entanto, que ainda não recebeu relatos da zona sudeste da ilha, onde impactou o "Maria".

Esta morte se soma a outra em Guadalupe e sete em Dominica, ilhas pelas que o furacão passou na noite de segunda-feira.

A passagem do furacão nesta quarta por Porto Rico deixou sem energia elétrica seus 3,5 milhões de habitantes.

Rosselló disse que o restabelecimento total do serviço elétrico será uma "questão de meses, nem dias ou semanas", enquanto que a prefeita de San Juan, Carmen Yulin, disse que demorará de 4 a 6 meses para se recuperar.

"A vida não vai ser como era antes", disse.

Tanto a prefeita, como o governador já deram ordens para que seus respectivos funcionários fossem para rua com o objetivo de comprovar os estragos.

A Agência Efe pôde comprovar que alguns postos de gasolina de San Juan foram destruídos e que o centro de Condado, um bairro residencial da capital com muitos hotéis, tem as ruas inundadas.

A Ilha Verde, no município de Carolina, uma das áreas turísticas da região, está intransitável.

Precisamente em Carolina, as equipes de emergência resgataram 60 pessoas presas pelas inundações.

O prefeito de Castaño, Félix Delgado, explicou que "todos" seus 25 mil habitantes "perderam algo".

Na capital, as autoridades prenderam oito adultos e dois menores por roubar em um supermercado popular.

Além disso, o vento arrancou uma parte do teto exterior do Coliseu Roberto Clemente, ginásio que abriga os principais shows e eventos esportivos na cidade.

O "Maria" tocou a terra na manhã de quarta na costa sudeste de Porto Rico como furacão de categoria 4 e ventos de 250km/h, e atravessou durante horas toda a ilha em direção noroeste.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos