Governo da Espanha assume coordenação das forças de segurança da Catalunha

Madri, 23 set (EFE).- O governo da Espanha assumiu a coordenação das forças de segurança da Catalunha para impedir a realização do referendo de independência da região.

Fontes oficiais informaram à Agência Efe neste sábado que a medida, no entanto, não tira responsabilidades da polícia autônoma da Catalunha, a chamada Mossos d'Esquadra.

A decisão foi tomada depois de uma multidão ter ido às ruas da Catalunha para protestar contra as prisões de diversos líderes políticos do governo regional e de o Ministério do Interior da Espanha ter anunciado o envio de mais policiais e guardas civis para ajudar os Mossos d'Esquadra a manter a ordem pública.

Com essa ordem, o Ministério do Interior assume a coordenação da Polícia Nacional, da Guarda Civil e do Mossos d'Esquadra.

Fontes consultadas pela Efe afirmaram que o mecanismo é o mesmo estabelecido a pedido do Mossos d'Esquadra para as ações realizadas depois dos atentados terroristas em Barcelona e Cambrils.

Segundo as fontes, a lei espanhola contempla a intervenção da Polícia e da Guarda Civil na manutenção da ordem pública em apoio do Mossos d'Esquadra, como já havia sido comunicado pelo governo.

As manifestações em Barcelona a favor do referendo independentista do 1º de outubro, suspenso pelo Tribunal Constitucional, aumentaram desde o último dia 20, quando a Guarda Civil, por ordem judicial, prenderam 14 pessoas, entre elas membros do alto escalão do governo regional da Catalunha, por participarem da organização da votação.

Milhares de pessoas se reuniram em frente à Secretaria de Economia da Catalunha para protestar contra a detenção de vários funcionários do órgão, atacaram carros da Guarda Civil e impediram por durante horas a saída dos agentes do edifício.

Nos dois dias seguintes, uma multidão se concentrou em frente aos tribunais nos quais os detidos foram ouvidos para protestar contra a atuação judicial no caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos