Centros eleitorais abrem para votação de referendo no Curdistão iraquiano

Erbil (Iraque), 25 set (EFE).- Os centros eleitorais na região autônoma do Curdistão iraquiano abriram nesta segunda-feira às 8h (horário local, 2h em Brasília) para votar a favor ou contra a independência, em um referendo marcado pela tensão entre Bagdá e Erbil, a capital da região.

Pelo menos 5,3 milhões de curdos foram convocados às urnas, em uma votação que terminará às 18h (12h em Brasília), nas quatro províncias da região curda: Dohuk, Erbil, Suleimaniya e Halabja, bem como nos territórios disputados entre os dois governos nas províncias de Kirkuk, Diyala e Nínive.

No colégio Hedi, no oeste de Erbil, as filas para entrar no centro de votação antes da sua abertura se dividiam em duas: os homens à direita, enquanto que as mulheres ficavam à esquerda.

Após votar "sim" na urna, Hussein Abdelsharif, de 44 anos, assegurou à Agência Efe que quer a independência porque o seu desejo é que, no final, "o Curdistão se transforme em um país".

De acordo com os números da Alta Comissão Eleitoral do Curdistão, pelo menos 3,2 milhões de pessoas foram convocadas a votar nas quatro províncias sob a autonomia do Curdistão.

Além disso, 1,9 milhão de curdos poderão votar nos territórios disputados, cuja soberania é reclamada tanto pelos curdos, que os controlam de fato, como por Bagdá, que os administrava antes da chegada em 2014 do grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Os resultados serão divulgados em um prazo de 24 a 48 horas após o fechamento das urnas e da recontagem das cédulas.

A diáspora curda já começou a votar por meios eletrônicos no dia 23 de setembro e o prazo vai até hoje. Segundo a comissão eleitoral, cerca de 150 mil curdos emitirão sua decisão no estrangeiro.

Pelo menos 136 equipes de observadores internacionais foram registradas para o referendo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos