PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Menina de 9 anos morre após ser resgatada pela Frontex em águas gregas

28/09/2017 05h12

Atenas, 28 set (EFE).- Uma menina de 9 anos morreu, nesta quinta-feira, após ser resgatada, ao lado de outras cinco pessoas, pela Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas (Frontex) em águas da ilha de Castelorizo, na Grécia, segundo publicou a imprensa local.

O bote em que viajava estava à deriva devido ao mau tempo e, mesmo que a Frontex tenha salvado todos os ocupantes com vida, o estado de saúde da menina era grave, por isso ela foi levada ao hospital da ilha, mas os médicos não conseguiram salvá-la.

Os cinco sobreviventes deste naufrágio são um homem, uma mulher e três meninos.

Para além deles, a polícia da fronteira recuperou outros 20 que estavam à deriva também nas costas do Castelorizo, por isso seguem os trabalhos de patrulha na zona na busca de possíveis sobreviventes, com um helicóptero e dois barcos da Guarda Costeira. EFE

ov/phg

Internacional