Chefe do ELN morre após combate com Exército da Colômbia

Bogotá, 30 set (EFE).- O líder da Frente "José David Suárez" da guerrilha do ELN, conhecido como "Carro Loco", morreu após um combate com o Exército da Colômbia em uma zona rural de Agua Azul, município do departamento de Casanare (leste), informaram neste sábado fontes militares.

O confronto armado aconteceu na aldeia de Retiro Milagro, dentro de uma operação conjunta com a Força Aérea, a Polícia e a Promotoria Geral, informou o Exército em comunicado.

Na operação foram confiscados dois fuzis, equipamentos de combate e munição.

"Carro Loco" estava há mais de 20 anos no Exército de Liberdade Nacional (ELN) e atualmente comandava as estruturas desta guerrilha em Casanare, acrescentou a informação dos militares.

Segundo os dados da inteligência militar, ele esteve vinculado com o assassinato de 11 militares e o sequestro de um em uma zona rural do município de Chitagá, no departamento de Norte de Santander, em maio do 2013.

O líder guerrilheiro foi ferido na operação militar e levado por tropas do Exército Nacional para o hospital de Yopal, capital do departamento, onde morreu.

A zero hora deste domingo, o Governo da Colômbia e o ELN, última guerrilha ativa do país, começam um cessar-fogo de 101 dias, a maior conquista nos diálogos de paz que começaram em fevereiro passado em Quito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos