Québec oferece "experiência na área de conciliação" a Catalunha e Espanha

Toronto (Canadá), 1 out (EFE).- O governo da província do Québec, no Canadá, disse em um comunicado que "condena os atos de violência" ocorridos neste domingo na Catalunha e se ofereceu para compartilhar com a Espanha e a Catalunha sua experiência em "matéria de conciliação".

"Gostaríamos que Catalunha e Espanha resolvessem de maneira democrática e pacífica as tensões que as distanciam", afirmou o primeiro-ministro do Québec, Philippe Couillard.

Couillard acrescentou que a província adquiriu "experiência na área de conciliação" e que não se intrometeria no "debate político".

"Oferecemos à Catalunha e à Espanha compartilhar esta experiência, se for considerada útil".

O Québec, onde existe um forte movimento separatista, realizou referendos independentistas em duas ocasiões.

No último, em 1995, os partidários da separação ficaram a décimos de conseguir mais de 50% dos votos.

Desde então, o apetite por um novo referendo dos sucessivos governos do Partido Quebequense - que defende a soberania da província - diminuiu.

O atual governo, do Partido Liberal do Québec - que é presidido Couillard -, é federalista e contra a independência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos