Seul confirma que mantém comunicação com Pyongyang junto com Washington

Seul, 1 out (EFE).- O Governo da Coreia do Sul confirmou neste domingo que mantém vias abertas de comunicação com a Coreia do Norte e em coordenação com os Estados Unidos, apesar do ponto culminante de tensão na região após a troca de ameaças entre Washington e Pyongyang.

O escritório do Governo sul-coreano afirmou que "fala diretamente com o Norte através dos seus próprios canais", enquanto que Washington "conta com duas ou três vias de comunicação aberta com Pyongyang", segundo declarações de uma porta-voz publicadas pela agência "Yonhap".

A Coreia do Sul confirmou assim o anunciado na véspera pelo secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, que disse que Washington mantinha contatos exploratórios com a Coreia do Norte para determinar sua disposição ao diálogo.

"O Governo sul-coreano destaca sua disposição de perseguir o diálogo em vários formatos, incluindo Coreia do Norte-EE.UU, Seul-Pyongyang ou multilaterais", declarou o porta-voz.

A mesma fonte explicou que EUA e Coreia do Sul "defendem o princípio de aplicar sanções e pressão máxima" para mudar a atitude da Coreia do Norte, e conduzir o país à mesa de negociações para que renuncie a seus programas nucleares e de mísseis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos